“Não estamos sozinhos, nunca. Devemos acreditar na realização das coisas, do Sonho!”

CIMG5462 300x225 Não estamos sozinhos, nunca. Devemos acreditar na realização das coisas, do Sonho! eeur encontros

Ana Paula com as irmãs Camila (esquerda) e Carla (direita) Resgala na acolhida do EEUR

Gostaria de partilhar um “pouquinho” do que vi e senti no EEUR 2011!
Tudo começou no dia em que recebi o e-mail da Flávia pro grupo, convidando pro EEUR : “Quero te convidar para algo muito especial! E tenho certeza que marcará tua história!”.  Ali já sabia que eu tinha que ir, apesar de estar sem graça por não participar de quase nada do MUR, eu tinha que ir.

O encontro foi totalmente interligado, do primeiro ao último instante. O texto de inspiração traz em Lc 5, 1 que a multidão se comprimia às margens do rio para ouvir Jesus. E nós fomos comprimidos para BH, com 1 a mais na van e cheios de bagagem; e era pra ser assim para entendermos tudo que se passaria no fim de semana!

“Por causa da Tua palavra, lançaremos as redes!”.  Chegamos e nos deparamos com um cenário bem aquático (realmente o local seria inundado em graça, como uma piscina) com peixes, redes, barcos pra todo lado…teve até fishbook na “rede” social!! Como disse a Kely, só faltou peixe frito e pirão para o almoço! rsrs

Muitas coisas foram reveladas em cada pregação, palavra, homilia, nos workshops e nas mesas temáticas.

Participei do workshop de GPPs em que ficou claro o desafio de ser Profissional do Reino num meio totalmente inverso ao que acreditamos e da pressão que sofríamos por conta disso. A resposta veio no evangelho da missa: a parábola do semeador! Apesar de tantas adversidades, temos que acreditar no Sonho; apesar de estar em meio a espinhos, temos que estar enraizados no Cristo e trazer vida pro meio que em estamos inserido. Ele vai nos fortalecer para isso!

A mesa temática foi estado de graça!! Participei do “Planejamento de Vida – Ambição profissional”.

Me chamou muito atenção a discussão da falta de tempo e da bagunça que fazemos com isso! Precisamos nos organizar melhor, mas sempre com orientação espiritual: oração! Precisamos silenciar nosso coração para escutar a Deus! Ele não surge brilhante na nossa frente e nos dita o que fazer com voz ressonante. Ele age de forma simples, muito simples… nós só precisamos estar dóceis ao Espírito d’Ele. Vamos nos propor a estar mais em oração, mais conectados a Ele! Assim nossos passos serão guiados; nosso barco irá para águas mais profundas, rumo a realização das maravilhas que Ele sonhou pra gente.

Falou-se muito sobre a falta de tempo por buscarmos a perfeição. Achamos que quem vai fazer o melhor é só a gente mesmo, e aí gastamos muito tempo tentando fazer algo (que não vai ficar do jeito perfeito que a gente queria) e não achamos que o outro pode me ajudar a fazer, ou até fazer melhor.  Aí ficamos frustados e desanimados… Devemos nos entregar mais a Deus, e acreditar no potencial do meu irmão que também é capacitado!

Essa resposta esteve presente durante todo o encontro.

Se fizermos juntos, vamos mover o mundo!!! Somos poucos? Mas somos capacitados! Ele nos capacita a todo momento!!  Vamos continuar unidos, ligados como uma rede! Vamos nadar juntos, como um cardume! O Amor nos move, e isso basta!! Afinal de contas…”Tudo que é feito com Amor, fica perfeito!”.

‘Bora lançar as redes??

Ana Paula Duque é Farmacêutica Generalista, Professora no Projeta Cursos e Mestranda em Genética e Biotecnologia pela UFJF

Leave a Reply

© 2011 Ministério Universidades Renovadas Juiz de Fora-MG. Todos os direitos reservados.